Massagem Ayurvédica | Introdução

 

A Massagem Ayurvédica nasceu na Índia, há mais de cinco mil anos, e se difundiu pelo planeta, abençoando-o com a sabedoria da vida, por meio do caminho da cura.

Essa técnica consiste em: percorrer as vértebras, as articulações, fazer drenagem linfática, modelar, alongar, abrir os meridianos, ativar a circulação sangüínea, alinhar os chacras, aumentar a capacidade respiratória e promover um profundo relaxamento que permite o contato com o centro vital. Assim, acontece a liberação da energia contaminada pelo estresse.

A transformação que essa técnica proporciona manifesta-se de forma natural, por meio da disposição, modelagem, flexibilidade e soltura dos corpos, permitindo ao “casulo”  se abrir para que a beleza interior possa mostrar-se.

A massagem proporciona uma profunda meditação a quem a recebe e a transmite. O fazer amoroso transporta o amor curativo aos campos físico e energético, conduzindo os seres ao bem-estar que integra a Totalidade. As mãos, os cotovelos, os pés e o peso do corpo do terapeuta são as ferramentas do trabalho.


 

O Terapeuta

Tornar-se massagista requer apenas vontade de aprender e disposição para buscar os meios necessários. Afinal, o  aprendizado da técnica é um processo rápido, limitando-se a um  tempo pré-determinado.

Tornar-se condutor da ciência curativa, que apenas utiliza a técnica como princípio do movimento, é algo sublime que só pode ser conquistado pela  total entrega. A entrega é o primeiro dos infinitos passos em direção ao aprendizado que começa, mas  jamais termina.

A primeira lição é o entendimento de que você está diante de uma parte de Deus que lhe confiou seu corpo físico, veículo precioso que o transporta. Permita que a gratidão por esse privilégio seja expressa no fazer respeitoso que repassa a cura amorosa.

Lembre-se, você não é a massagem, não é o curador, nem é a cura. Durante o tempo que se fizer necessário você será o bendito canal que transporta a beleza da vida, na qual está fundamentada a Ciência Védica.

Que o Universo, em celebração por receber de volta mais um transporte de luz , lhe mantenha no seu giro bendito  para que  possas encontrar, receber e desfrutar de todas as bênçãos que são tuas por merecimento.

 

Em amor, confiança e gratidão,

Marise Atmo Salonee