E n e a t i p o   7

 

Empregado

 

Para  manter  a  ilusão  de  liberdade  incondicional,  o  7  considera-se  um  prestador  de  serviço  e  não  um empregado.

Imaginativo e saltitante prefere funções que lhe possibilitem um jorrar de idéias inovadoras e, principalmente, liberdade de movimento.

Esperto, sempre consegue dar um jeitinho de trabalhar menos do que o seu contrato exige.

Rápido  de  raciocínio  trabalha  por  meio  de  associações,  o  que  lhe  permite  um  jorrar  constante  de  projetos inteligentes e rentáveis .

O seu grande poder de persuasão lhe confere,  merecidamente, o título do maior vendedor do mundo. É aquele que vende qualquer coisa, em qualquer lugar. Vende até aquilo que ainda não foi criado.

Quando valorizada sua mente planejadora  pode  gerar  inovações  que  certamente  expandirão  os  negócios, aumentando os lucros da empresa.

 

 

Patrão

 

A empresa de um 7 deve ser o espelho límpido que retrate fielmente o Narciso.

A imagem deve ser maravilhosamente linda capaz de encantar e seduzir a todos que se aproximarem.

São  líderes  elegantes,  simpáticos,  incrivelmente  sedutores  e  superficialmente  carinhosos.  Por  meio  da simpatia arregimenta auxiliares que terão imenso prazer em servi-lo e segui-lo.

Valendo-se  desses  atributos  conseguem  fascinar  ou  irritar  seus  colaboradores criando  um  clima  de  disputa velada que, de maneira engraçada, incentiva novos avanços.

O  patrão  7  depende  de  um  braço  direito  dedicado,  honesto,   trabalhador  e  devotado  para  substituí-lo   nos momentos críticos e durante o tempo destinado às suas inúmeras “viagens a negócios”.

Quando não está  plenamente feliz, por qualquer motivo, torna-se esnobe, agressivo e cruel.

Feliz, incentiva, aplaude e transporta a empresa para a Disneylândia transformando o trabalho em celebração.

 

 

Família

 

O  7 não  encontra  nenhum  problema  para  constituir  família.  O  problema  é  assumir  as  responsabilidades  e, principalmente, aceitar a limitação dos movimentos.

Sendo eternas  crianças  torna-se  pais  dedicados  ao  divertimento  dos filhos, levando-os aos seus lugares prediletos e, é claro, escolhendo os brinquedos de sua preferência.

Até acordar o 7 não conhece o amor. Porém, é inegável o carinho destinado àqueles que pensa amar.

São companheiros luxurientos, imaginativos, divertidos, delicados, possessivos ou docemente controladores, encantadores e, de alguma forma, aproveitadores.

 

 

Amizade

 

O  ego  7  é  inteiramente  comprometido  com  os  prazeres  da  vida  e  desse  compromisso  não  abre  mão. Colecionar amigos faz parte desse prazeres.

Sendo a comunicação expressa faz amizades por onde passa. Considera amigo qualquer um que lhe seja boa companhia.

Novas amizades significam novas oportunidades de diversão, prazer e enriquecimento. E isso é tudo o que importa.

Na tentativa de preservar seu bem maior que é a liberdade, normalmente não enraíza as amizades.

 

 

Pessoal

 

Para fugir do medo, desafia o perigo. Evitando a dor, entrega-se às fantasias.

Para não tomar consciência da realidade, teima em ser criança eterna. Entrega-se ao excesso de prazeres para dissimular a tristeza.

Diverte-se usando a sagacidade para tirar proveito de todas as situações. Possui um humor peculiar que espalha alegria ou perturbação.

Rápido e inovador, movimenta de forma criativa a energia à sua volta. Belo, inteligente e sedutor,  provoca paixões por onde passa.

 

Idealização do ego

 

Ser inovador, alegre, genial, otimista, livre e todas as outras coisas legais é a "única" idealização do ego 7. Acreditando-se inigualável entrega-se à ilusão que o mantém preso à superficialidade, seu pior vício.

A busca compulsiva da própria imagem mantém o ego patinando na superfície congelada do lago, que em sua profundidade contém mais riquezas do que a fértil imaginação pode supor.

 

 

Crescimento

 

O equilíbrio do eneatipo 7 acontece quando o pensamento brilhante e a ligeireza dos pés estão enraizados no centro da emoção. A unificação das energias garante a conquista dos múltiplos objetivos.

O mergulho profundo nos próprios sentimentos promove o encontro da criança irreverente com a sabedoria do velho, permitindo o amadurecimento e a materialização dos múltiplos projetos divinais.

Crescendo, finalmente o 7 pode misturar todos os seus 7 raios, conseguindo uma cor unificada de um sem-fim de cores.

A mistura  nasce  do  resgate  da  lógica  que  canaliza  as  riquezas  naturais,  por  meio  da  idéia  organizada  que materializa.

Amadurecido, o 7 é a morada consciente de todas as bênçãos contidas nos Sete Raios.

 

Conheça o Tipo 08